• Thayz Magnago

Jovens autistas quebram barreiras e chegam ao Ensino Superior

Confira a matéria em: O Liberal

Lucas com a Equipe TEA da CoAcess/SAEST/UFPA.

Neste mês de Abril (2019) Lucas Moura Quaresma da HQ's do Lucas foi convidado pela Coordenadoria de Acessibilidade da Superintendência de Assistência Estudantil da UFPA a participar de entrevista concedida ao Jornal O Liberal sobre a conquista de jovens autistas que ingressam no ensino superior. Lucas que é graduado em Design de Produtos teve a oportunidade de compartilhar um pouco do trabalho que desenvolve hoje como autor e ilustrador e conhecer outros jovens autistas que acabaram de ingressar na faculdade.


Sobre o trabalho desenvolvido com esses jovens na UFPA a Profa. MSc. Rosilene Prado, coordenadora da equipe TEA disse o seguinte: "Nós fazemos parte da Equipe TEA da Coordenadoria de Acessibilidade da Superintendência de Assistência Estudantil (CoAcess/SAEST/UFPA), que acompanha os alunos autistas durante todo o seu percurso acadêmico. Nossa ação ocorre para eliminar todo tipo de barreira (atitudinal, arquitetônica, pedagógica, de comunicação e informação, e de tecnologia assistiva) que eles possam vir a enfrentar nos ambientes da UFPA. Também acolhemos seus familiares desenvolvendo um trabalho de orientação e esclarecimento acerca do TEA e de como ajudá-los na redução de suas dificuldades."


Profa. Rosilene, Lucas e Dra. Natália.

Michele Ramos cursa o sexto semestre de Pedagogia e disse à equipe de reportagem que será professora de crianças autistas. Já Igor, que cursa o terceiro semestre de Ciências da Computação na UFPA e tem grande interesse por ônibus, pretende atuar na área de transportes.


Michele, Lucas e Igor.

A psicóloga Natália Almeida, que também integra a equipe do CoAcess/SAEST/UFPA, explica que uma das características do autista é possuir áreas de interesse sobre as quais procura todo o conhecimento e em que sempre será muito bom. "Esse foco de interesse é que precisa ser descoberto para utilizá-lo na escolha do curso e no alcance da autonomia. “Essa facilidade e alto conhecimento está presente em muitos autistas”, afirma a psicóloga. “Ao encontrarem algo de que realmente gostam, dedicam-se para se tornarem especialistas.”











13 visualizações

© 2020 por HQs do Lucas.

  • Instagram